Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço independente (sem patrocínios ou monetização digital) pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

22 de outubro de 2022

Mais espoleta para o Xerife.

 


Levantamento apresentado pelo jornal Valor revela que a bandidagem do mercado de capitais, que antes da Lei 13.506 fazia um chequinho de R$ 200 mil, em média, para engavetar acusações sem o devido julgamento, passou a desembolsar R$ 350 mil para celebrar os famigerados “terminhos de compromisso” (veja matéria da jornalista Juliana Schincariol no link https://valor.globo.com/financas/noticia/2022/10/17/acordo-com-cvm-fica-mais-caro-diz-levantamento.ghtml).


Em postagens passadas cheguei a “prever” tal fenômeno (como em 04/10/2015 - https://www.blogdagovernanca.com/2015/10/a-cvm-ganhou-mais-municao-pena-que-os.html). Parece que a munição do Xerife era de festim, pois a impunidade continua, não importa a gravidade do delito – pode ser insider trading, manipulação de preços, fraude contábil conjugada com pagamento de propina, seja lá o que for o Xerife está sempre de bolso aberto para engavetar acusações sem julgamento. E assim os meliantes ganham “ficha limpa”, salvo conduto para continuarem como conselheiros, executivos e controladores de empresas listadas. Você, gestor de recursos, questiona a corrupção na política, mas continua sendo sócio do “Príncipe das empreiteiras” e do famoso Júnior? E a aérea que “financia” sites da corrupção? Vamos falar de ESG? Stewardship?


Tranquilidade Sr. Luiz, se o Xerife falar grosso basta propor um terminho de compromisso (mas não menos de R$ 350 mil), pagar o Darf e correr para comemorar com seus advogados.


E “assim caminha a humanidade, com passos de formiga e sem vontade”, já dizia Lulu Santos.


Abraços fraternos,

Renato Chaves 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.