Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço independente (sem patrocínios ou monetização digital) pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

17 de setembro de 2022

Corrupção em empresas listadas.

 


Tive a oportunidade de assistir remotamente o evento do IBGC “Combate à corrupção como pilar ESG” no último dia 13.


Bons palestrantes, muita teoria, mas faltou tratar de “peito aberto” casos recentes.


Processos apreciados pelo colegiado da CVM – a empresa de medicamentos que começa com a letra H usou contratos fraudulentos em subsidiárias (sem serviços prestados) e a empresa aérea que começa com a letra G usou contratos de publicidade com sites de propriedade do meliante “Caranguejo” (os anúncios nunca foram veiculados) – nos revelam que os acionistas controladores não só sabiam como foram os mentores dos esquemas de fraude para uso de dinheiro das empresas para o pagamento de propinas a políticos. Os executivos fizeram o papel de feitores, executando sem questionamentos as ordens dos controladores.


E como ficam os outros casos a serem julgados pelo Xerife? Os acionistas controladores não sabiam de nada ou eram perfeitos idiotas? Difícil acreditar na cegueira de dois ardilosos empreiteiros de certo bloco de controle. Fica a esperança que algum jornalista investigativo descubra o tamanho dos tentáculos do “Caranguejo” nas empresas listadas brasileiras.


Nenhum dos meliantes envolvidos nos casos citados acima será inabilitado, já que os digníssimos doutores que compõem o colegiado na Rua 7/9 entendem que o acordo de leniência na esfera criminal serve para justificar a aceitação de um “terminho de compromisso” proposto por Administradores-meliantes. Livres, leves e soltos para continuarem em conselhos e diretorias, fica a dúvida quando irão construir novos esquemas de pagamento de propinas, pois o que não falta é discípulo do “Caranguejo”.


Abraços fraternos,

Renato Chaves 

Um comentário:

  1. Sem punição exemplar, e sem piedade, nada vai melhorar, caro neste Renato. O bla-bla-bra de sempre …

    ResponderExcluir

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.