Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço independente (sem patrocínios ou monetização digital) pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

10 de outubro de 2020

10 anos do Blog da Governança: murmurando tímidos protestos.

 


No mês que completa 10 anos apresento no Blog da Governança um estudo inédito no Brasil, com a relação entre as maiores remunerações e a remuneração média dos empregados nas empresas que compõem o Ibovespa (postagem de 05/10/20 - https://www.blogdagovernanca.com/2020/10/acorda-magalu-desigualdade-no-brasil.html).


Como dito por um querido leitor “o pavio foi aceso”, já que pouca gente mergulha nos números do item 13.11 dos formulários de referência com um olhar crítico. O que dizer do CEO de uma empresa que vende passagens e pacotes de turismo em lojas e virtualmente, com faturamento de R$ 1 bilhão/ano e PL negativo de R$ 148 milhões, embolsando por 2 anos seguidos (2017 e 2018) mais que o dobro do CEO da AMBEV, empresa de classe mundial que fatura mais de R$ 50 bilhões/ano com operação em 18 países?  Pois é, olhar o retrovisor é sempre bom.


Não poderia deixar de agradecer os milhares de leitores de todos os lugares do mundo que semanalmente visitam o Blog e divulgam o seu conteúdo em salas de aula e bate-papos. Tem leitor até no Vietnã.


Penso que as postagens semanais atingem o maior objetivo do Blog de fomentar estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa e estimular o ativismo participativo, com foco na regulação para as empresas de capital aberto. Ainda que esse debate não ocorra na página (existe uma seção para comentários que podem até ser anônimos), as interações por e-mail, Whatsapp e telefone são fundamentais para alimentar minhas postagens, com novas ideias e muitas “provocações”.


Outro aspecto importante e muito estimulante é o interesse de estudantes, especialmente do curso de direito, além de jovens analistas que chegam ao campo minado do mercado de capitais brasileiro.


O hábito faz o monge e a regularidade semanal nesses 10 anos (toda 2ª feira tem postagem nova), busca “animar” a semana, mas sem encher a caixa postal de ninguém, de forma independente, sem anúncios ou outra forma de monetização. Com mais de 2.000 visualizações por postagem, a marca de 1 milhão de visitantes será atingida brevemente.


Pois bem, a necessidade de mantemos o isolamento social nesse momento tão difícil, com as mortes chegando a 150 mil brasileiros, impedem uma comemoração presencial. Ficam meus sinceros agradecimentos e a certeza de que vale a pena trabalhar por um mercado de capitais mais justo.


Abraços fraternos,

Renato Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.