Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço independente (sem patrocínios ou monetização digital) pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

10 de junho de 2017

O caixa é da companhia ou do acionista?


A pergunta provocativa, feita pelo colunista do jornal Valor André Rocha no dia 29/3/17 como alerta para a influência da política de dividendos sobre a cotação das ações (disponível em http://www.estrategista.net/o-caixa-e-da-companhia-ou-do-acionista/), nos faz refletir sobre o recente caso da estatal paranaense COPEL.

A saída de conceituados conselheiros de administração “independentes”, por insatisfação pela demissão grotesca do diretor financeiro que defendia o dividendo mínimo legal (http://www.valor.com.br/empresas/4970670/copel-demite-diretor-que-defendia-pagamento-menor-de-dividendos), e uma posterior emissão de ações de R$ 4 bilhões para abater sua enorme dívida de curto prazo, da ordem de R$ 2,7 bilhões, soam como alerta para investidores (http://www.valor.com.br/financas/4996798/copel-prepara-oferta-de-acoes-de-r-4-bi).

Conflito de interesses? Com a palavra a CVM...

Abraços a todos,

Renato Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.