Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço independente (sem patrocínios ou monetização digital) pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

13 de janeiro de 2023

Mais uma fraude contábil. Mas não acordem o Xerife, por favor.


Não adianta usar eufemismo: inconsistência contábil de R$ 20 bilhões é fraude. Não digitei errado, R$ 20  B I L H Õ E S  !!!!  E não adianta vir com o blábláblá de comitê independente, os culpados têm que aparecer.


O conselho de administração não sabia de nada.. E a auditoria? Juros dos empréstimos não eram apropriados por anos e anos? Contabilidade criativa? Executivos vão devolver os bônus recebidos a mais?


A verdadeira zona que vemos nas lojas das esquinas tem reflexo nas demonstrações financeiras. Mercadorias espalhadas, poucos funcionários nos caixas, nenhum vendedor e muitos seguranças. Com uma das mais nefastas relações “maior remuneração x remuneração média dos empregados” (431 vezes – lista completa na postagem de 6/8/22 - https://www.blogdagovernanca.com/2022/08/relacao-entre-maior-remuneracao-e.html) dá para entender o mau humor dos mais de 40.000 empregados. Vai ver os R$ 20 bilhões estão em estoques perdidos de lingerie e chocolate kitkat.


Que saudade das Lojas Brasileiras (existiu entre 1944 e 1999) !!! Aquilo sim era uma “bagunça organizada”.


 Aí vem o trio parada dura, com a turma do Darth Vader cuidando do societário, coloca um bando de garotos (as) recém formados para gerenciar as lojas e bum !!! A história se repete, pois lá fora a SEC pegou falcatrua contábil na fantástica fábrica de chocolate (https://valor.globo.com/empresas/noticia/2021/09/03/kraft-heinz-faz-acordo-de-us-62-mi-para-encerrar-investigacao-de-fraude-contabil.ghtml).


E o sonolento/burocrático Xerife? Desta vez se apressou (rsrs) e instaurou 3 processos. Traduzindo: mandou cartinhas que, depois de trabalho árduo dos estagiários do Darth Vader e de muita postergação, certamente culminarão em parcimoniosos termos de compromisso; estimo algo em torno de R$ 500 mil por CPF e R$ 1 milhão para a auditoria. O preguiçoso Xerife deveria pegar a Polícia Federal e meter o pé na porta, busca e apreensão na Cia e na firma de auditoria “independente”. Qualquer juiz da esquina autorizaria tal ação, considerando que existe até a suspeita de insider trading generalizado.


Abraços fraternos,

Renato Chaves 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.