Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço independente (sem patrocínios ou monetização digital) pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

20 de março de 2022

Uma startup pode trazer inovação ou enrolação.

 


A partir da indicação de um amigo comprei o livro “Bad blood” (John Carreyrou – Ed. Alta Books) e passei um bom par de horas atracado com um calhamaço de mais de 300 páginas. Sim, sou um daqueles que adora ler um livro em papel, algo bom para ficar longe das telinhas por um tempo.


Muito bem estruturado, o livro foi construído a partir de entrevistas com mais de 150 pessoas, sendo mais de 60 ex-funcionários da startup Theranos.


Lição nº 1: os números de startups sempre são exagerados, afinal planilhas em branco aceitam qualquer desaforo.


Lição nº 2: investidores sabem disso e mesmo assim arriscam.


Lição nº 3: desconfie de toda startup avaliada em mais de US$ 10 bilhões.


Lição n° 4: cuidado redobrado com crianças que, quando perguntadas aos 10 anos o que querem ser quando crescerem, afirmam que querem ser bilionárias.


E pensar que se uma fraude dessa magnitude ocorresse por aqui tudo poderia ser resolvido com um terminho de compromisso, já que para o nosso Xerife a gravidade dos crimes é algo secundário: o que importa é o valor do DARF.


Abraços fraternos,

Renato Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.