Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço independente (sem patrocínios ou monetização digital) pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

6 de novembro de 2022

O que o mercado de capitais brasileiro tem em comum com a Fórmula 1?

 

Pergunta curiosa, não é? A remuneração milionária de pilotos e executivos e o fato de termos reguladores com 3 letrinhas (CVM e FIA)? Certamente. Mas não para por aí.


Como aficionado por esportes a motor, especialmente a F1, acompanho de perto as notícias de bastidores.


E para minha surpresa o jeitinho aplicado por aqui pelo nosso Xerife, de perdão a qualquer tipo de delito sem julgamento, está sendo usado no mundo dos bólidos.


A matéria do site F1Mania (https://www.f1mania.net/f1/f1-red-bull-e-aston-martin-chegam-a-um-acordo-com-a-fia/) nos revela que o estouro de orçamento por duas importantes equipes, uma infração considerada grave pelas regras em vigor, foi resolvido com “um acordo, que efetivamente funciona como uma barganha, ambas as equipes evitaram penalidades mais severas, como deduções de pontos ou redução de orçamentos futuros.”


Ou seja, cometeu um delito basta fazer um cheque que fica tudo limpinho novamente, assim como ocorre na Rua Sete de Setembro. E por falar em regulação local, na próxima semana trarei o caso do “acordinho” de uma importante firma de auditoria. Sim, “eles” também cometem infrações.


Abraços fraternos,

Renato Chaves 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.