Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço independente (sem patrocínios ou monetização digital) pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

21 de fevereiro de 2021

O desafio das assembleias digitais: tem novidade boa na praça.

 


Em meio a tantas notícias desastrosas para o mundo da governança corporativa (teve insider trading na notícia de fusão?), o Guia de Boas Práticas de governança para assembleias digitais vem em boa hora, já que essa nova realidade trouxe muitas incertezas (o guia está disponível no link http://www.guiaassembleiasdigitais.com.br/).


Fruto do trabalho de profissionais da Associação de Investidores no Mercado de Capitais (Amec), do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), do Instituto Brasileiro de Relações com Investidores (IBRI) e dos escritórios Cescon Barrieu Advogados e Vieira Rezende Advogados, surge um documento robusto que, se for seguido pelas companhias, irá facilitar a vida dos acionistas.


Já vi de tudo um pouco nessa nova era. Tem empresa que manda e-mail de confirmação do recebimento do material de qualificação do acionista, outras não mandam, tem link de conexão que não funciona (culpa do acionista ou da empresa?). Teve problema de tecnologia que fez o som do presidente da mesa de um grande empresa ficar mudo e a assembleia durar mais de 7 horas, ou seja, a necessidade de adaptação mexe com as empresas e todos os acionistas.


Alguns pontos certamente merecerão a atenção do regulador em um futuro próximo: como fica a gravação da reunião? E o uso dessa gravação? No caso da queda de conexão de um acionista dissidente, será possível auditar foi um ato proposital da empresa? Acreditem, existem pessoas más no mundo corporativo rs... E qual a data de referência para fins de comprovação da condição de acionista, vale a data da assembleia ou a data de envio da documentação? E o prazo de envio da documentação – 7 dias parece razoável? Por que não 3 dias?


Abraços fraternos,

Renato Chaves

2 comentários:

  1. Olá Renato, tudo bem?
    Meu nome é Janaína, sou aluna de doutorado da linha de finaças da FGV e minhas pesquisas envolvem a temática ESG.
    Cheguei ao seu blog por indicação do Denísio Liberato, a quem recorro para conversar quando preciso aprimorar as minhas pesquisas com a visão de alguém que tem a prática do mercado.
    Atualmente estou trabalhando em em projeto de pesquisa que envolve a elaboração um questionário direcionado à gestores de fundos com o objetivo de entender como aspectos ESG são incorporados nas decisões de investimentos no mercado brasileiro.
    Gostaria de saber se você poderia me ajudar na validação desse questionário com críticas e sugestões de perguntas que poderiam ampliar o entendimento acerca dessa temática.
    Gostaria de me desculpar por ter deixado essa mensagem via comentário... é que não encontrei o seu e-mail no blog.
    Caso tenha um tempinho para me ajudar, pode entrar em contato comigo pelo seguinte e-mail janainagrossi_3@hotmail.com

    Muito Obrigada!
    Ah... gostei bastante do seu blog!
    Janaína Grossi
    (link para meu lattes: http://lattes.cnpq.br/6291983242064011 )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpa a demora na resposta Janaína, mas tive problemas com a ferramenta de administração do Blog. Meu e-mail é rchaves@blogdagovernaca.com

      Excluir

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.