Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço independente (sem patrocínios ou monetização digital) pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

13 de setembro de 2020

Quanto os Administradores “consumem” do EBTIDA?

 

Lá vem o Blog da Governança com a atualização nos números capturados dos Formulários de Referência. Tem gente preocupada aí?


Já fizeram essa conta, quanto conselhos e diretoria “consomem” do EBTIDA?


Para facilitar a análise separei as empresas do Ibovespa em grupos, excluindo os bancos (não tem EBTIDA e ganharão uma postagem especial): (i) EBTIDA até R$ 5 bilhões, (ii) de R$ 5 a R$ 10 bilhões e (iii) acima de R$ 10 bilhões. Reparem que algumas empresas superam muito as médias dos respectivos grupos. Motivo de preocupação?


Confiram e questionem. Observem que tem empresas dos grupos de “EBITDA até R$ 5 bilhões” e “de R$ 5 a R$ 10 bilhões” pagando mais para seus Administradores do que empresas do grupo “EBTIDA acima de R$ 10 bilhões”.


Afinal, por que B3 paga bem mais que VALE, CVC paga bem mais que Braskem e BRF, Natura e Pão de Açúcar pagam bem mais que AMBEV? AMBEV e VALE estão pagando pouco? B3, CVC, BRF, Natura e Pão de Açúcar são times formados por 10 Cristhianos Ronaldo com um Neuer na área de controles internos? Mais complexidade das operações? Não acredito.


(i)                 EBTIDA até R$ 5 bilhões – média 2,70%:

EMPRESA

REMUNERAÇÃO ADMINISTRADORES (item 13.2)

EBITDA AJ. (item 3.2)

Relação

AZUL

R$ 29.947.912

R$               3.622.809.000

0,83%

B3

R$ 135.711.470

R$               4.259.241.000

3,19%

MINERVA

R$ 30.326.115

R$               1.750.600.000

1,73%

BR MALLS PAR

R$ 29.268.758

R$               1.048.882.000

2,79%

B2W DIGITAL

R$ 35.256.075

R$                  673.711.000

5,23%

CIELO

R$ 46.601.697

R$               3.013.000.000

1,55%

CEMIG

R$ 21.177.148

R$               4.376.000.000

0,48%

COGNA ON

R$ 46.557.422

R$               2.708.900.000

1,72%

CARREFOUR/Atacadão

R$ 27.506.078

R$               4.754.000.000

0,58%

COSAN

R$ 39.108.889

R$               3.059.400.000

1,28%

CVC BRASIL 2018

R$ 69.629.265

R$                  721.610.000

9,65%

CYRELA REALT

R$ 12.168.713

R$                  614.000.000

1,98%

ECORODOVIAS INFRA

R$ 11.059.014

R$               2.033.115.000

0,54%

EMBRAER

R$ 54.025.084

R$                  725.600.000

7,45%

ENERGIAS BR

R$  7.650.595

R$               2.914.155.000

0,26%

ENERGISA

R$ 7.947.814

R$               3.839.900.000

0,21%

FLEURY

R$ 27.626.000

R$                  618.689.000

4,47%

INTERMEDICA

R$ 31.615.922

R$               1.276.400.000

2,48%

GOL

R$ 31.507.268

R$               3.860.721.000

0,82%

HAPVIDA

R$ 26.518.072

R$               1.233.320.000

2,15%

CIA HERING

R$ 15.692.800

R$                  264.657.000

5,93%

HYPERA

R$ 33.653.661

R$               1.206.100.000

2,79%

IGUATEMI

R$ 25.311.573

R$                  635.795.000

3,98%

KLABIN S/A

R$ 41.083.764

R$               4.322.498.000

0,95%

LOJAS AMERIC

R$ 63.227.523

R$               3.456.249.000

1,83%

LOJAS RENNER

R$ 38.051.952

R$               1.978.152.000

1,92%

MAGAZ LUIZA

R$ 79.311.861

R$               1.775.538.000

4,47%

MARFRIG

R$ 27.654.647

R$               4.770.600.000

0,58%

MRV

R$ 36.901.458

R$               1.009.481.000

3,66%

MULTIPLAN

R$ 61.383.355

R$                  925.006.000

6,64%

GRUPO NATURA2019

R$ 96.987.300

R$               1.993.700.000

4,86%

P.ACUCAR-CBD

R$ 102.483.864

R$               3.967.000.000

2,58%

QUALICORP

R$ 32.848.652

R$                  883.200.000

3,72%

RAIADROGASIL

R$ 43.472.817

R$               1.343.600.000

3,24%

RUMO S.A.

R$ 42.488.119

R$               3.829.400.000

1,11%

LOCALIZA

R$ 54.470.336

R$               2.212.800.000

2,46%

TAESA

R$ 11.327.007

R$               1.111.857.000

1,02%

TOTVS

R$ 27.555.379

R$                  469.742.000

5,87%

ULTRAPAR

R$ 54.905.871

R$               2.436.200.000

2,25%

USIMINAS

R$ 22.822.769

R$               1.973.010.000

1,16%

VIAVAREJO

R$ 35.210.725

R$               1.076.000.000

3,27%

WEG

R$ 7.813.331

R$               2.244.517.000

0,35%

YDUQS PART

R$ 27.419.589

R$               1.260.968.000

2,17%

 

(ii)               EBTIDA de R$ 5 bilhões até R$ 10 bilhões – média 0,57%:

EMPRESA

REMUNERAÇÃO ADMINISTRADORES (item 13.2)

EBITDA AJ. (item 3.2)

Relação

BRF SA

R$ 96.847.000

R$               5.313.900.000

1,82%

BRASKEM

R$ 62.786.539

R$               7.840.018.000

0,80%

CCR SA

R$ 49.375.000

R$               5.790.420.000

0,85%

CPFL ENERGIA

R$ 33.206.000

R$               6.394.172.000

0,52%

SID NACIONAL

R$ 37.561.629

R$               7.251.059.000

0,52%

ENGIE BRASIL

R$ 20.463.796

R$               5.163.000.000

0,40%

EQUATORIAL

R$ 11.386.662

R$               5.180.681.000

0,22%

GERDAU

R$ 45.898.107

R$               5.712.000.000

0,80%

GERDAU MET

R$ 3.735.272

R$               5.703.000.000

0,07%

SABESP

R$ 6.692.255

R$               7.510.500.000

0,09%

TIM PART S/A

R$ 16.148.134

R$               9.643.838.000

0,17%

 

(iii)             EBTIDA acima de R$ 10 bilhões – média 0,34%:

EMPRESA

REMUNERAÇÃO ADMINISTRADORES (item 13.2)

EBITDA AJ. (item 3.2)

Relação

AMBEV S/A

R$ 77.081.252

R$             21.147.090.000

0,36%

PETROBRAS BR

R$ 24.093.417

R$           129.249.000.000

0,02%

ELETROBRAS

R$ 8.018.934

R$             10.257.000.000

0,08%

JBS

R$ 140.814.258

R$             19.881.100.000

0,71%

SUZANO S.A.

R$ 93.228.978

R$             10.723.568.000

0,87%

VALE

R$ 97.500.819

R$             42.307.000.000

0,23%

TELEF BRASIL

R$ 24.575.598

R$             18.133.700.000

0,14%

 

Abraços fraternos,

Renato Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.