Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

3 de junho de 2012

O que tira o sono dos presidentes... Agora a liminar cai !!!


A matéria do jornal Valor do dia 31/5 revela que o item "segurança pessoal", presente nas pesquisas de 2006 e 2009 entre os mais votados nas pesquisas da consultora Betania Tanure, deixou de ser uma preocupação.

Maravilha, caminho aberto para o instituto carioca desistir da marota ação judicial contra Instrução CVM 480, que serve de escudo para a não divulgação de informações sobre remuneração de executivos. Quem sabe o ilustre juiz não tira da gaveta o processo e se pronuncia sobre o embargo declaratório do instituto carioca defensor dos "frágeis" executivos?

Será que juiz lê o jornal Valor?

Abraços a todos e uma boa semana,
Renato Chaves

Um comentário:

  1. Silvia Pereira06/06/2012 11:19

    É importante discutir e decidir em Conselho; mais importante ainda é divulgar por meio de declaração no Relatório Anual/ Formulário de Referência os motivos e o racional pelo qual o Conselho aprovou a doação. Associado à esta divulgação, a companhia deve declarar quais contratos possui com entidades governamentais,posicionamentos em relação à regulamentação setorial, anti-concorrência, etc.. Na mesma linha, é interessante que as empresas brasileiras tivessem como item de destaque em seus "valores" a afirmação de que são contra qualquer tipo de corrupção direta ou indireta, tal como fazem algumas empresas europeias.

    ResponderExcluir

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.