Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

12 de março de 2016

As assembleias vem aí: hora de votar CONTRA quem esconde informação.

A cara de pau dos Administradores das empresas que não divulgam o item 13.11 do Formulário de Referência merece uma resposta e o momento é esse:  nós, como investidores atentos, temos que votar contra as propostas de remuneração/verba global que serão submetidas às assembleias.

Essa é a maneira de enfrentar a arrogância e falta de ética daqueles que aprovam a adesão à liminar em interesse próprio, afirmando que "a Cia optou por não divulgar as informações de seus administradores requeridas pelo subitem 13.11 do Anexo 24 da ICVM 480” (resposta que recebi do DRI de importante instituição fin@nceir@ com forte atuação no mundo virtu@u), como se “a Cia” tomasse uma decisão autônoma, sem o dedo/caneta dos Administradores. Mandam às favas o interesse da empresa (seguir as boas práticas de GC) e a sua reputação no mercado (não enfrentar a CVM com o "uso" de terceiros)
As grandes consultorias internacionais de recomendação de voto já soltaram seus relatórios nessa linha: VOTAR CONTRA quem esconde informação (documento da ISS em https://www.issgovernance.com/file/policy/2016-brazil-voting-guidelines-dec-2015.pdf e documento da Glass Lewis em http://www.glasslewis.com/wp-content/uploads/2016/01/2016_Guidelines_BRAZIL.pdf). Quem sabe assim a situação muda....

A lista abaixo não é definitiva e traz somente as 34 empresas que escondem informações entre as 100 mais líquidas no mercado, segundo informações extraídas do Anuário de Governança Corporativa 2015-2016 da Revista Capital Aberto. Cabe aos investidores consultarem os Formulários de Referência depositados e votar contra na assembleia, caso a empresa investida também esconda informações.

1.   Alpargatas*
2.   B2W*
3.   Brmalls*
4.   Bradesco*
5.   Bradespar
6.   Braskem*
7.   CCR*
8.   Cielo*
9.   Cosan*
10.              CPFL*
11.              CSN*
12.              Duratex*
13.              Embraer*
14.              Even*
15.              Fibria*
16.              Gerdau*
17.              Gol
18.              Iguatemi*
19.              Itau*
20.              Itausa*
21.              Kroton
22.              Lojas Americanas*
23.              Metalúrgica Gerdau*
24.              Minerva*
25.              Multiplus*
26.              Oi*
27.              Pão de Açúcar* 
28.              Rumo*
29.              Santander
30.              Suzano*
31.              Telefônica
32.              Tim*
33.              Vale*
34.              Via Varejo*

* sou acionista dessas empresas, mas sem interesse econômico devido ao pouco valor investido (menos de R$ 150,00 cada). Interesse somente no aprimoramento das práticas de GC.

Abraços a todos,

Renato Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.