Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

25 de janeiro de 2014

Os lobos de Wall Street e das Avenidas Faria Lima e Presidente Wilson.

A resenha de Pedro Butcher sobre o filme de Scorsese (Eu&Fim de semana – jornal Valor de 24/1) traduz muito bem o “espírito” do mercado: um retrato alucinado da cultura do excesso e da obsessão pelo dinheiro. Como pau que bate em John Smith também bate em João da Silva fiquei refletindo sobre as razões que afastam os poupadores brasileiros do nosso pífio mercado de ações. Excesso de conservadorismo? Talvez. Receio de investir em um mercado onde somente os experts e os muitos espertos ganham dinheiro? Muito provavelmente.

Por mais que o cidadão comum aprenda lendo o excelente blog “O Estrategista” do analista André Rocha (http://www.valor.com.br/valor-investe/o-estrategista), sempre existirá o receio de estar investindo em um mercado onde impera a assimetria de informações e a malandragem.

O que dizer de um dos maiores gestores de recursos do mundo que paga US$ 400 mil para engavetar uma investigação do procurador geral de Nova York sobre um programa de pesquisa que supostamente (imitando a imprensa politicamente “correta”) permitia à instituição ter acesso a informações sobre empresas antes dos outros investidores (notinha de pé de página no jornal Valor do dia 10/1). É o mesmo gestor que por aqui atua como defensor das minorias, dos fracos e oprimidos, bravateando antes de um papel cair, sabe-se lá com que intenções.    

E por falar em trapaças e artimanhas já está na praça o excelente livro “Operação banqueiro”, do premiado jornalista investigativo Rubens Valente. Leitura obrigatória para quem trabalha no mercado e quer saber mais um pouco sobre ligações perniciosas e incestuosas entre políticos, banqueiros e juízes. Só espero que o valente jornalista esteja guardando dinheiro para pagar os advogados, porque os processos certamente virão....

Abraços a todos,

Renato Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.