Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

24 de agosto de 2013

Os conselhos de administração constroem estratégias de fato?

Existe o sentimento que os conselhos de administração no Brasil não formulam estratégias. Ou seja, os conselhos simplesmente analisam e votam as estratégias formuladas pela Diretoria.

Seria algo parecido com o que Ram Charan classifica de conselho de administração ritualista. No linguajar popular, o conselho “come na mão” dos executivos.

Hipoteticamente, a estratégia de diversificar geograficamente a produção em uma mineradora (África por exemplo) ou investir em uma nova linha de aviões (aviação executiva por exemplo) seriam estratégias nascidas das mãos dos executivos, pois os conselhos não teriam visão/conhecimento de mercado suficientes de mercado para construir tais estratégias. São os executivos que criam idéias ufanistas de comprar empresa na Suíça, por exemplo, sem que o conselho tenha dado a orientação estratégica para que a empresa procurasse ativos para comprar (qualquer semelhança com a realidade é obra de novela de TV)...

Pense nisso antes da sua próxima reunião....

Abraços a todos e uma boa semana,

Renato Chaves

2 comentários:

  1. Renato,
    O tema é muito importante para um post tão pobre. Ademais, pergunto qual foi a contribuição com esse comentário ?
    Achei o seu blog por acaso e esperava algo mais interessante, principalmente com o seu currículo.
    Por favor, não me leve a mal.
    Atte.
    Adriano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Adriano,
      Primeiramente gostaria de agradecer a sua contribuição e o elogio ao meu currículo.
      Quanto ao seu comentário sobre a superficialidade da postagem confesso que é a primeira vez em quase 3 anos seguidos de publicações que esse tipo de crítica aparece. Vale ressaltar que publico todos os comentários apresentados, com exceção daqueles que são classificados como material de propaganda (cursos, consultorias, etc).
      Infelizmente não tenho tempo para escrever muito, ao contrário de pessoas dedicadas a estudos acadêmicos sobre o tema. O objetivo do Blog, como ficou claro desde o início, é estimular o debate a partir de uma vasta experiência no chamado mundo da Governança Corporativa, experiência esta obtida na atuação em diversos conselhos fiscais e de administração, além do trabalho como executivo e em serviços de consultoria (sempre em sociedades anônimas de grande porte).
      Sendo assim, as postagens semanais funcionam como crônicas que tem a pretensão de “provocar” os leitores (uma média de 300 por postagem). A escolha de temas é aleatória e muitas vezes têm origem em sugestão dos próprios leitores.
      Por fim, caso você tenha produzido textos mais complexos sobre o tema ou outros, ligados ao mundo da Governança Corporativa, fique à vontade para compartilhá-los com os leitores do Blog. O espaço é democrático.
      Abraços,
      Renato Chaves

      Excluir

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.