Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

20 de julho de 2013

Banqueiros estavam de conluio: fica esperto Francisco.

Estavam ou sempre estiveram? Não sei onde a União Européia vai parar... Parece que estão tentando redescobrir a pólvora. Será que a acusação de conluio no caso dos derivativos de 2008 (jornal Valor do dia 02/7) pode ser somada à manipulação da Libor e à falta de transparência na formação dos livros de ofertas em IPOs mundo afora? Na terra da Rainha estão estudando pena criminal para banqueiros (jornal Valor do dia 9/7) !!! Será que eles não conhecem o caso do HD do computador do famoso banqueiro baiano, pacato morador de Ipanema? Só falta organizarem uma passeata na Av. Paulista para buscar apoio da população para investigar os pobres banqueiros (pobres de espírito...).

Logo agora que o Papa criou uma comissão para auditar as contas do Banco do Vaticano e um Monsenhor foi preso tentando entrar na Itália ilegalmente com $ 20 milhões de euros, vindo da Suíça (e de onde mais poderia ser?), deixando o caso dos dólares na cueca parecer “série D do Campeonato Brasileiro”. O Papa mexeu em um vespeiro... Mas basta quebrar o voto de silêncio da Irmã Vincenza sobre a morte do “Papa sorriso” para colocar meia dúzia de italianos em cana. Dica de carioca: fica ixperto Francisco.... Em pé sem cair, sentado sem dormir, deitado sem cochilar !!!

Abraços a todos e uma boa semana,

Renato Chaves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.