Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

1 de junho de 2013

PAC-PME: porque existe vida além do Ibovespa.

Os textos do analista André Rocha, blogueiro do jornal Valor (veja no blog “O Estrategista” em http://www.valor.com.br/valor-investe/o-estrategista/3068560/estagnacao-da-bolsa-faltam-investidores-ou-cias e http://www.valor.com.br/valor-investe/o-estrategista/3072946/estagnacao-da-bolsa-o-debate-continua) trazem um debate instigante e bem fundamentado sobre a triste realidade do nosso mercado.

Sou da opinião que faltam ativos. Tenho discutido muito com gestores de fundos, não a turma “MMA” que só quer tumulto para arrumar “algum $$”, mas a turma séria que corre atrás de bons ativos com base na análise fundamentalista.

Não podemos ficar parados, envergonhados e lamentando termos quase o mesmo número de empresas listadas que Mongólia e Vietnã. Mas parece que fazer palestra na praia, mesmo que seja para os endinheirados que freqüentam o Guarujá, não tem surtido efeito.

Tenho a impressão de que o investidor está de saco cheio de renda fixa, mas também não quer ficar na mesmice das ações que compõem o Ibovespa ou entrar em um fundo que adquire títulos das “novas” estrelas do mercado de bônus internacionais - Belarus, Zâmbia, Geórgia, Bolívia, Tanzânia, Paraguai, Angola, Nigéria, Albânia, Montenegro, Jordânia, Honduras e as novatas Papua-Nova Guiné e Ruanda (lembram do filme “Hotel Ruanda”? Deve ser um ótimo ambiente de negócios...).
Diante dessa realidade é que o espaço Blog da Governança irá apoiar formalmente a iniciativa chamada PAC-PME (veja o link http://www.pacpme.com.br). Mais formalização dos negócios, difusão das boas práticas de governança corporativa, geração de empregos, etc, etc. Todos ganham, e não somente os bancos de investimento, ganhadores vorazes e contumazes nos IPOs. Não sou um louco sonhador que vislumbra a possibilidade de quebra do poderoso lobby da Imprensa nacional e dos jornais, permitindo a publicação de demonstrações financeiras simplificadas, nem a redução da freqüência de exigência de auditoria externa (poderia ser semestral ou até anual para as empresas do Bovespa Mais...), mas dá para mexer em outras regras “burras”.

Abraços a todos e uma boa semana,
Renato Chaves

Um comentário:

  1. Excelente post Renato. Devidamente replicado nas minhas redes sociais e amanhã estará na HOME do PAC-PME (e respectivas redes sociais), além dos canais de notícia.

    ResponderExcluir

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.