Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

28 de abril de 2013

Twitter de CEO é público ou privado?


Ao ser entrevistado pela jornalista Ana Paula Ragazzi sobre a polêmica em torno das twittadas de um famoso CEO, matéria publicada no jornal Valor do  dia 22/4, fui enfático em afirmar que todo Administrador que fala ou escreve sobre a Cia onde atua tem que responder pelo que fala, mesmo que isso aconteça em uma mesa do Cervantes às 3:00 da madrugada. E se o regulador não questioná-lo vira bagunça.

Confesso que recentemente aderi a tal ferramenta da chamada rede social, mas tão somente para divulgar o Blog. Para meu espanto, mesmo sem qualquer divulgação, a tal conta (@bloggovernnaca) já tem vários seguidores, de origens variadas e desconhecidas. Mas o sucesso dessa e de outras ferramentas tem origem nos jovens, que compartilham informações tão inúteis como "estou chegando no show do Motosserra Truck Clube" somente para se manterem em evidencia com os amigos. Pergunto-me se um dia o trafego de informações não irá "explodir", tamanho é o numero de fotos e textos que são compartilhados e curtidos? A conferir....

Criar expectativas somente para alguns investidores é um delito e como tal deve ser tratado. Para o não avisado, o responsável pela divulgação de informações em uma empresa listada é o diretor de relações com investidores (DRI) e as ferramentas são os chamados “fatos relevantes”, os “comunicados ao mercado” e os “avisos aos acionistas”, com depósito das informações nos sites da CVM e bolsa, além do site da Cia. Isso sem falar nos documentos que são publicados obrigatoriamente nos respectivos veículos oficiais de divulgação (jornal definido pelos acionistas em assembleia).  Uma assessoria de imprensa ajuda muito, especialmente se a empresa está nas paginas dos jornais e revistas, como é o caso. Mas imaginar que o investidor vai ser obrigado a seguir nos twitters da vida todos os Administradores de todas as empresas onde investe, alem dos fatos relevantes, é tripudiar do bom senso. 

A preocupação que devemos ter é de reduzir a assimetria de informações e não aumentá-la. Ou será que existe a curiosidade em saber se o magnata vai ao show do "Motosserra Truck Clube" a bordo de sua McLaren F1?

Abraços a todos e uma boa semana,
Renato Chaves

5 comentários:

  1. Oi Renato, tudo bem? Na minha visão - que também falei para a Ana Paula na mesma matéria, as mídias sociais justamente ampliam o acesso dos investidores às noticias. Os FR, comunicados e avisos aos acionistas são só uma parte do que é relevante, e um bom canal de divulgação em mídias sociais amplia - e muito - esse escopo. Mas concordo 100% com você que se o twitter oficial do CEO é um desses canais, ele é 100% responsável pelo seu conteúdo. A conferir como a CVM vai tratar esse assunto por aqui. Abs, Fabiane

    ResponderExcluir
  2. Olá Fabi,
    Não consigo imaginar que um texto limitado a 140 caracteres possa transmitir uma informação relevante para acionistas. Acho uma temeridade.
    Lendo o twitter do Sr. X fico com a convicção de que não é o canal apropriado de comunicação, sendo mais indicado para questões pessoais, como a que ele publicou recentemente: Comprei no SOURBANO. Com. br. Adorei!!!
    Agradeço o seu comentário,
    Renato Chaves

    ResponderExcluir
  3. Olá Renato, entrei aqui só pra te dizer que o Motosserra Truck Clube é uma ótima banda, você deveria conhecer (falou o vocalista da banda).

    Brincadeiras a parte, discuto muito isso com meus alunos, inclusive gosto sempre de começar o semestre com alguma notícia sobre redes sociais para que eles vejam e comecem a perceber que, quando bem usada, a rede social é uma ótima ferramenta de CRM, no entanto, informações extremamente pessoais e sobretudo perecíveis como "estou vendo...", "partiu isso...", "partiu aquilo..." só contribuem negativamente para a imagem do perfil e da ferramenta em sí.

    ResponderExcluir
  4. Caro Thiago, tenho que concordar com você que a rede social é uma ótima ferramenta de CRM, mas uma temeridade para relacionamento com investidores. Como evitar a assimetria de informações, por exemplo? E sucesso na banda....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, existem perfis de negócios e de pessoas que não devem se misturar com redes sociais. Talvez neste caso a rede social seja só mais uma ferramenta especulativa, quem sabe? Resumidamente, lembra daquele negócio de "parecer ser" muito mais do que o "ser" de fato?

      Onde empresas se apresentam na melhor lisura possível aos seus clientes e potenciais clientes, o que não os impediria de fazer o mesmo para os investidores.

      Excluir

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.