Boas-vindas

Caro visitante,
A proposta do Blog da Governança é estimular o livre debate em torno de tópicos atuais relacionados com o tema Governança Corporativa.
Fiel ao compromisso com a transparência, o espaço pretende também funcionar como um fórum de estímulo ao ativismo societário (ou ativismo participativo), com foco na regulação para as empresas de capital aberto.

10 de novembro de 2012

Semana de comemorações para insiders e banqueiros.

Uma semana de notícias sobre impunidade: dois insiders mequetrefes livres para continuar “atuando” no mercado e um banqueiro trambiqueiro solto para brindar com Veuve Clicquot, quem sabe em algum restaurante de Paris com direito a “dancinha do guardanapo” (chegou a hora do Bernard Madoff carioca mostrar o seu valor).
Acreditem, um dos insiders era o Diretor de Relações com Investidores da empresa !!! Já que não foi inabilitado ele deveria se considerar indigno para assumir cargos do gênero e ainda pedir desfiliação do IBRI. Vergonha total.
Mas o coro contra os terminhos de compromisso ganha força, até entre os advogados.... É o que nos revela a reportagem de 25/10 da Luciana Bruno no jornal Valor (CVM fecha 31 acordos até meados de outubro), onde o Dr. Fernando Orotavo Neto afirma que “esses acordos tornaram a CVM um órgão arrecadador, desvirtuando a instituição da sua finalidade primeira, que é punir os culpados e absolver os inocentes”. É isso aí Dr., entram umas moedas no cofre de BSB e o mercado fica a ver navios. A autarquia não ter sequer recursos para colocar no ar um site decente que permita fazer uma pesquisa bem estruturada: é impossível saber, por exemplo, quantos processos os asseclas do banqueiro baiano respondem ou responderam nos últimos 15 anos (será que os conselhos de administração não sabiam de nada sobre os pagamentos investigados no PAS 24/2006???). E por falar em processos, reputação ilibada é algo que um administrador registrado na CVM carrega consigo para o resta da vida? Depois de responder dezenas de processos ele não deveria ter a renovação do registro negada? Mas isso é assunto para uma próxima postagem...
Abraços a todos e uma boa semana,
Renato Chaves

2 comentários:

  1. Renato, não sei se entendi direito. Mas dê uma olhada na página inicial do endereço eletrônico da CVM na Internet, na seção "Acesso Rápido" (no meio da página). Ali, tem uma opção chamada "Consulta a Processos Administrativos Sancionadores". Ao se clicar nela, abre-se uma outra janela, através da qual é possível fazer buscas por nome, no campo "Acusado". Já fiz buscas ali e encontrei referências a inquéritos abertos em 1996. Abs, Santos

    ResponderExcluir
  2. Prezado Santos,
    Peço desculpas pois a minha resposta não foi publicada - o servidor andou com problemas....
    Realmente o link que você mencionou ajuda, mas ele não permite, por exemplo, saber quando um processo foi julgado. Fiz uma pesquisa recente, por número de processo (não sabia quem era o acusado), e a única informação que obtive foi que o mesmo estava no "Conselhinho" desde 2010. Sabendo que o processo era de 2009 passei a pesquisar nas atas de julgamentos de 2009 e 2010. Podia ser mais simples...

    ResponderExcluir

Caro visitante, apesar da ferramenta de postagem permitir o perfil "comentário anônimo", o ideal é que seja feita a identificação pelo menos com o 1º nome. A postagem não é automática, pois é feita uma avaliação para evitar spams. Agradeço desde já a sua compreensão.